O que é Recuperação de Arquivos?

A recuperação de arquivos é o processo de restauração de arquivos perdidos, danificados ou excluídos de um dispositivo de armazenamento, como disco rígido, unidade USB, cartão de memória ou outra mídia de armazenamento. Envolve o uso de software especializado para escanear o dispositivo em busca de vestígios dos dados perdidos e tentar recuperar o máximo possível.

O que é Recuperação de Arquivos?

File Recovery é um programa de software que ajuda a recuperar arquivos perdidos ou excluídos do seu computador ou outros dispositivos de armazenamento, como drives USB ou cartões de memória. Ele funciona verificando o dispositivo de armazenamento para encontrar arquivos que possam ter sido excluídos acidentalmente ou perdidos devido a uma falha no sistema ou outros problemas. Assim que a verificação for concluída, o programa exibirá uma lista de arquivos recuperáveis ​​que você pode optar por restaurar de volta ao seu computador ou dispositivo.

A recuperação de arquivos é um processo crucial que envolve a recuperação de arquivos perdidos, excluídos ou inacessíveis de um dispositivo de armazenamento digital. Isso pode acontecer devido a vários motivos, como exclusão acidental, falhas do sistema, malware e falha de software ou hardware. Com o enorme crescimento na geração e armazenamento de dados, a importância de soluções eficazes de recuperação de arquivos tornou-se mais significativa do que nunca, garantindo que informações valiosas não sejam perdidas permanentemente.

Várias ferramentas e técnicas estão disponíveis para recuperação de arquivos, incluindo recursos integrados do Windows, software de terceiros e serviços profissionais de recuperação de dados. O Windows, por exemplo, possui o Windows File Recovery, que pode recuperar vários tipos de arquivos, como fotos, documentos e vídeos de vários dispositivos de armazenamento, como SSDs, unidades USB e cartões de memória. Da mesma forma, as opções de software de terceiros oferecem uma ampla gama de soluções de recuperação especializadas, atendendo a diferentes mídias de armazenamento e sistemas de arquivos.

Compreender a recuperação de arquivos e reconhecer sua importância pode ajudar os usuários a tomar as medidas apropriadas para minimizar os riscos de perda de dados e garantir a disponibilidade de seus valiosos arquivos sempre que necessário. À medida que os avanços tecnológicos e as soluções de armazenamento mudam, a inovação contínua nos métodos de recuperação de arquivos permanecerá vital para a proteção das informações digitais.

O que é Recuperação de Arquivos

A recuperação de arquivos é o processo de recuperação de arquivos perdidos, excluídos ou inacessíveis de um sistema de computador, dispositivo de armazenamento ou mídia externa. É uma técnica essencial no campo da recuperação de dados, que é um campo mais amplo que abrange a restauração de várias formas de dados, incluindo arquivos, pastas e configurações do sistema.

Existem vários motivos pelos quais a recuperação de arquivos pode ser necessária. Os arquivos podem ser acidentalmente excluídos, substituídos ou corrompidos devido a problemas de software, falhas de hardware ou até mesmo ataques maliciosos como ransomware. Em alguns casos, o próprio sistema de arquivos pode sofrer danos, fazendo com que os arquivos sejam perdidos ou ocultos.

As técnicas de recuperação de arquivos podem ser aplicadas a diferentes tipos de dispositivos e sistemas de arquivos. Os sistemas de arquivos comumente usados ​​incluem FAT, NTFS e exFAT, enquanto os dispositivos de armazenamento podem variar de discos rígidos tradicionais a unidades de estado sólido (SSDs), unidades USB e cartões de memória.

Existem vários métodos disponíveis para recuperação eficaz de arquivos:

  1. Restauração de backup: Se você tiver um backup recente de seus arquivos, poderá restaurá-los a partir da cópia de backup. Esse método geralmente é a maneira mais simples e confiável de recuperar arquivos perdidos, desde que o próprio backup esteja atualizado e não corrompido.
  2. Ferramentas de recuperação integradas: os sistemas operacionais modernos, como o Windows 10, vêm com ferramentas integradas de recuperação de arquivos. Por exemplo, o Windows File Recovery é uma ferramenta de linha de comando que permite aos usuários recuperar arquivos excluídos ou perdidos de vários dispositivos de armazenamento e sistemas de arquivos.
  3. Software de terceiros: várias soluções de software de recuperação de dados estão disponíveis, atendendo a diferentes níveis de experiência do usuário e oferecendo uma variedade de recursos. Essas ferramentas podem realizar varreduras aprofundadas de seu dispositivo de armazenamento para localizar e recuperar arquivos excluídos ou perdidos.
  4. Serviços profissionais: Nos casos em que os métodos de bricolage falham ou ao lidar com danos graves ou perda de dados, pode ser necessário procurar a assistência de um serviço profissional de recuperação de dados. Esses serviços podem empregar técnicas e equipamentos avançados para recuperar arquivos que, de outra forma, seriam considerados irrecuperáveis.

Lembre-se de que o sucesso da recuperação de arquivos depende muito de fatores como a causa da perda de dados, o tipo de dispositivo de armazenamento e a extensão de qualquer substituição ou degradação dos arquivos perdidos. Agir prontamente e usar o método apropriado pode aumentar significativamente as chances de uma recuperação bem-sucedida.

Razões para perda de arquivos

Exclusão Acidental

A exclusão acidental é um dos motivos mais comuns para a perda de arquivos. Os usuários podem excluir arquivos acidentalmente durante a execução de tarefas de rotina ou devido a um simples erro. Eles podem excluir arquivos sem perceber, ignorar a Lixeira ou remover por engano um arquivo ou pasta que acreditavam não ser mais necessário. Esse tipo de perda de dados pode afetar indivíduos e organizações.

formatação

Outro motivo para a perda de arquivos é a formatação. A formatação de um dispositivo de armazenamento, seja um disco rígido, unidade USB ou cartão de memória, apaga seu conteúdo e o prepara para novos dados. Às vezes, os usuários podem formatar um dispositivo acidentalmente, sem perceber que ele contém dados importantes. Além disso, a formatação pode ser necessária para corrigir um dispositivo corrompido e, portanto, pode levar à perda de arquivos cujo backup não foi feito corretamente.

Falha de hardware

A falha de hardware é outro fator que pode levar à perda de arquivos. Um disco rígido ou outro dispositivo de armazenamento pode falhar devido a vários motivos, incluindo idade, defeitos de fabricação, picos de energia ou superaquecimento. Quando ocorre uma falha de hardware, pode ser impossível acessar os arquivos armazenados no dispositivo. Backups regulares podem ajudar a reduzir a perda de dados devido a falhas de hardware, mas, em alguns casos, serviços profissionais de recuperação de dados podem ser necessários.

Noções básicas de recuperação de arquivos

Noções básicas sobre sistemas de arquivos

Um sistema de arquivos é uma maneira de organizar e armazenar dados em um dispositivo de armazenamento, como um disco rígido, SSD, unidade USB ou cartão de memória. Os principais sistemas de arquivos em uso hoje são FAT (File Allocation Table), NTFS (New Technology File System) e ReFS (Resilient File System). Cada sistema de arquivos tem seu próprio conjunto de regras para organizar e recuperar dados.

  • FAT: Um sistema de arquivos amplamente utilizado que remonta à década de 1980. É usado principalmente para pequenos dispositivos de armazenamento, como cartões SD e pen drives.
  • NTFS: Um sistema de arquivos mais avançado introduzido pela Microsoft, usado principalmente em sistemas operacionais Windows. Oferece melhor desempenho e suporte para dispositivos de armazenamento maiores.
  • ReFS: um sistema de arquivos mais recente projetado para uso com o Windows Server e matrizes de armazenamento modernas. Ele se concentra na integridade dos dados e resiliência à corrupção de dados.

Tipos de técnicas de recuperação de arquivos

A recuperação de arquivos envolve a recuperação de dados perdidos, excluídos ou corrompidos de dispositivos de armazenamento. Existem várias técnicas que podem ser usadas para recuperar arquivos, incluindo as seguintes:

  1. Recuperação baseada em software: várias ferramentas de software estão disponíveis para escanear dispositivos de armazenamento e recuperar dados perdidos. O Windows File Recovery da Microsoft é um exemplo de utilitário de linha de comando que pode recuperar arquivos de discos rígidos, cartões SD, unidades USB e outras mídias de armazenamento.
  2. Restaurando de um backup: o backup regular de dados garante que você tenha uma cópia de seus arquivos caso eles sejam perdidos ou corrompidos. Para recuperar arquivos, você pode restaurá-los de uma fonte de backup.
  3. Versões prévias: o Windows salva automaticamente cópias de arquivos e pastas como parte de um ponto de restauração. Essas versões anteriores (ou cópias de sombra) podem ser usadas para recuperar dados perdidos.
  4. Recuperação de dados profissional: Em casos de falha grave de hardware ou perda complexa de dados, podem ser necessários serviços profissionais de recuperação de dados. Esses serviços geralmente usam hardware e software especializados para recuperar dados de dispositivos de armazenamento danificados ou inacessíveis.

Compreendendo os fundamentos dos sistemas de arquivos e as várias técnicas de recuperação de arquivos, os usuários podem aumentar muito suas chances de recuperar com êxito arquivos perdidos ou excluídos.

Recuperando arquivos deletados no Windows

Nesta seção, exploraremos dois métodos para ajudá-lo a recuperar arquivos excluídos no Windows: usando a Lixeira e a Recuperação de Arquivos do Windows.

Usando a Lixeira

A Lixeira é um recurso do Windows que armazena temporariamente os arquivos excluídos antes de serem removidos permanentemente do sistema. Para recuperar arquivos excluídos da Lixeira, siga estas etapas:

  1. Localize o ícone da Lixeira na área de trabalho e clique duas vezes para abri-lo.
  2. Procure os arquivos que deseja recuperar.
  3. Clique com o botão direito do mouse no arquivo desejado e selecione "Restaurar". O arquivo será devolvido ao seu local original.

É importante observar que a Lixeira pode não conter um arquivo se ele foi excluído usando Shift+Delete ou se a Lixeira estiver cheia.

Recuperação de Arquivos do Windows

Para usuários do Windows 10 e Windows 11, o Windows File Recovery é uma ferramenta de linha de comando para recuperar arquivos perdidos ou excluídos de dispositivos de armazenamento local, como discos rígidos, SSDs e unidades USB. Siga as etapas abaixo para usar o Windows File Recovery:

  1. Baixe e instale o Windows File Recovery da Microsoft Store.
  2. Abra o prompt de comando com acesso de administrador.
  3. Execute comandos usando a sintaxe do Windows File Recovery.

Aqui está um exemplo de comando básico:

winfr source-drive: destination-folder: /switches
  • source-drive:: a letra da unidade onde o arquivo foi excluído
  • destination-folder:: a pasta onde os arquivos recuperados serão salvos
  • /switches: opções para especificar o modo de recuperação e os tipos de arquivo

Por exemplo, se você deseja recuperar arquivos PDF e Word da unidade C e salvá-los na unidade E, use o seguinte comando:

winfr C: E: /r /n *.pdf /n *.docx

Os arquivos recuperados serão armazenados na pasta “Recovery_ ” na unidade E. Para verificar os tipos de arquivo suportados para recuperação, digite winfr /# no prompt de comando.

Lembre-se de que a taxa de sucesso da recuperação depende de fatores como o tipo de dispositivo de armazenamento e se os dados excluídos foram substituídos. Use a Recuperação de arquivos do Windows o mais rápido possível para aumentar as chances de recuperação bem-sucedida.

Usando o software de recuperação de dados

O software de recuperação de dados ajuda os usuários a recuperar arquivos perdidos ou excluídos acidentalmente de seus dispositivos. Essas ferramentas usam algoritmos para localizar e restaurar arquivos, tornando-os valiosos para recuperar informações importantes. Nesta seção, apresentaremos algumas opções populares de software de recuperação de dados, incluindo Recuva, EaseUS Data Recovery Wizard, Stellar Data Recovery e Disk Drill.

Recuva

O Recuva é uma ferramenta de recuperação de dados gratuita e bem conceituada. Possui uma interface amigável, facilitando a recuperação de arquivos por usuários de todos os níveis de experiência. Com o Recuva, você pode restaurar arquivos de vários dispositivos de armazenamento, como:

  • Os discos rígidos
  • Unidades externas (unidades USB, etc.)
  • Discos BD/DVD/CD
  • Os cartões de memória

Este programa pode até recuperar arquivos do seu iPod! O Recuva oferece uma versão gratuita e uma versão profissional para recursos mais avançados, como suporte a disco rígido virtual.

Assistente de Recuperação de Dados EaseUS

O EaseUS Data Recovery Wizard é outra ferramenta importante de recuperação de dados, disponível para usuários de Windows e Mac. Ele oferece vários recursos, incluindo a capacidade de:

  • Recupere arquivos de vários dispositivos de armazenamento, como discos rígidos, unidades externas e cartões de memória
  • Recupere arquivos de partições danificadas ou formatadas
  • Recupere praticamente qualquer tipo de arquivo, incluindo documentos, fotos, vídeos e arquivos de áudio

O EaseUS Data Recovery Wizard possui edições gratuitas e pagas, com a versão paga oferecendo funcionalidades adicionais, como recuperação de arquivos brutos.

Recuperação Estelar de Dados

Stellar Data Recovery é uma solução de software abrangente para recuperar arquivos perdidos. Está disponível para usuários de Mac e PC e oferece várias vantagens:

  • Recupera dados de vários dispositivos de armazenamento, incluindo discos rígidos, unidades USB, cartões SD e mídia óptica
  • Suporta mais de 300 tipos de arquivos diferentes
  • Permite que os usuários visualizem arquivos recuperáveis ​​antes de restaurá-los

O Stellar Data Recovery oferece vários níveis de preços, começando com a versão Standard em $ 59.99 por ano até a versão Premium em $ 99.99 por ano.

Disk Drill

Disk Drill é um poderoso e intuitivo programa de recuperação de dados disponível para Windows e Mac. Possui uma variedade de recursos e capacidades, como:

  • Recuperando dados de unidades internas e externas, cartões de memória e outros dispositivos de armazenamento
  • Compatível com vários sistemas de arquivos, incluindo NTFS, HFS+, FAT e outros
  • Oferecendo recursos de proteção de dados, como o Recovery Vault, para evitar futuras perdas de dados

A versão básica do Disk Drill é gratuita, enquanto a versão pro oferece maior funcionalidade por uma taxa única de US$ 89.

Ao usar qualquer software de recuperação de dados, é essencial seguir as instruções cuidadosamente e entender que nem todos os arquivos excluídos podem ser recuperados. Lembre-se de que os resultados podem variar com base em fatores como integridade da unidade e tipo de arquivo.

Recuperando arquivos de dispositivos de armazenamento

Existem vários dispositivos de armazenamento dos quais pode ser necessário recuperar arquivos. Nesta seção, abordaremos o processo de recuperação de arquivos de diferentes tipos de mídia de armazenamento, incluindo discos rígidos e SSDs, discos rígidos externos, unidades flash USB e cartões SD.

Discos rígidos e SSDs

As unidades de disco rígido (HDDs) e as unidades de estado sólido (SSDs) são dispositivos de armazenamento interno comuns encontrados em computadores. Para recuperar arquivos dessas unidades, você pode usar ferramentas integradas como a Restauração do sistema do Windows ou software de recuperação de dados de terceiros.

  1. A restauração do sistema: o Windows cria pontos de restauração automaticamente, que são cópias de arquivos e pastas. Para reverter o sistema para um estado anterior, siga estas etapas:

    • Abra o painel de controle.
    • Vá para “Sistema e segurança” > “Sistema”.
    • Clique em “Proteção do sistema” no painel esquerdo.
    • Escolha a unidade e clique no botão “Restauração do sistema”.
  2. Software de Recuperação de Dados: várias soluções de software estão disponíveis no mercado especializadas na recuperação de arquivos perdidos ou excluídos. Baixe e instale um desses programas e siga suas instruções específicas.

Discos rígidos externos

A recuperação de arquivos de discos rígidos externos é semelhante ao processo para unidades internas. Você pode usar ferramentas integradas ou software de recuperação de dados de terceiros:

  1. Ferramentas integradas: conecte a unidade externa ao computador e use as ferramentas integradas do sistema operacional (como a Restauração do sistema no Windows) para recuperar os arquivos.
  2. Software de Recuperação de Dados: Use um programa de recuperação de dados respeitável e siga as instruções fornecidas para recuperar arquivos de seu disco rígido externo.

USB Flash Drives

As unidades flash USB também podem sofrer perda de dados. Para recuperar arquivos de uma unidade flash, tente estas etapas:

  1. Conecte a unidade USB ao seu computador.
  2. Use uma ferramenta de recuperação de dados de terceiros para verificar e recuperar seus arquivos.
  3. Salve os arquivos recuperados em um dispositivo de armazenamento diferente para evitar possíveis substituições.

Cartões SD

Os cartões SD são comumente usados ​​em câmeras, smartphones e outros dispositivos portáteis. A recuperação de arquivos de um cartão SD geralmente envolve:

  1. Insira o cartão SD em um leitor de cartão conectado ao seu computador.
  2. Use um programa de recuperação de dados para digitalizar o cartão SD e recuperar seus arquivos.
  3. Salve os arquivos recuperados em outro local de armazenamento para evitar a substituição de dados.

Para resumir, a recuperação de arquivos de vários dispositivos de armazenamento pode ser realizada usando ferramentas integradas e software de recuperação de dados de terceiros. O processo específico pode variar dependendo do tipo de mídia de armazenamento envolvido, mas as etapas gerais seguem um padrão semelhante.

Considerações para uma recuperação de arquivo bem-sucedida

Substituindo

Quando os arquivos são excluídos ou perdidos, eles não são removidos imediatamente do computador, mas seus espaços são marcados como espaço livre. A recuperação desses arquivos é possível, desde que não tenham sido substituídos. Para aumentar as chances de uma recuperação de arquivo bem-sucedida, evite usar o computador até que o processo de recuperação seja concluído. Isso ocorre porque o uso do computador pode resultar na gravação de novos dados, que podem substituir os arquivos que você está tentando recuperar.

backup

É essencial ter um plano de backup e restauração para seus dados. Este plano ajudará você a atingir objetivos específicos de recuperação de dados e minimizar as chances de perda de dados em caso de exclusão ou danos acidentais. O backup regular de seus dados em um disco rígido externo ou em um sistema de backup baseado em nuvem garante que você tenha uma cópia de seus arquivos importantes para recorrer em caso de perda acidental ou falha de hardware.

Formatos de arquivo

Diferentes formatos de arquivo, como PDF e PNG, podem exigir métodos de recuperação diferentes, dependendo de sua estrutura e complexidade. Ao escolher um software de recuperação de arquivos, verifique se ele oferece suporte aos formatos dos arquivos que você está tentando recuperar. Além disso, alguns softwares também podem fornecer a opção de visualizar os arquivos antes da recuperação para verificar se o arquivo está corrompido ou intacto.

Backup na nuvem

Os serviços de backup em nuvem oferecem uma excelente solução para armazenar suas informações com segurança fora do local. Eles fornecem uma camada adicional de proteção contra perda de dados, falha de hardware ou violações de segurança. Ao utilizar um serviço de backup em nuvem, você também obtém acesso fácil aos seus arquivos de backup de qualquer dispositivo conectado à Internet. Isso garante que você sempre terá uma maneira de acessar e recuperar seus arquivos importantes, esteja você no trabalho, em casa ou em trânsito.

Lembre-se de selecionar um provedor confiável de serviços de backup em nuvem que ofereça uma combinação de recursos de segurança e conveniência, como criptografia e versão de arquivo. Esses recursos garantem que seus dados sejam armazenados com segurança e prontamente disponíveis para recuperação quando necessário.

Desafios comuns de recuperação de arquivos

A recuperação de arquivos pode enfrentar vários desafios, como arquivos danificados ou substituídos, corrupção de arquivos e falha de hardware. É essencial estar familiarizado com esses desafios para usar com eficácia as ferramentas e serviços de recuperação de dados para uma restauração de arquivos bem-sucedida.

  • Arquivos danificados ou substituídos: quando um arquivo é excluído ou perdido, o espaço em disco ocupado por ele é marcado como livre, permitindo que outros dados o substituam. Quanto mais o sistema for utilizado após a exclusão de um arquivo, maior o risco de seus dados serem sobrescritos, dificultando ou impossibilitando a recuperação.
  • Corrupção de arquivos: a corrupção de dados ocorre quando o conteúdo de um arquivo é alterado, danificado ou perdido devido a vários motivos, como falha de software ou hardware, falta de energia e ataques de malware. Arquivos corrompidos podem estar inacessíveis, ilegíveis ou irreconhecíveis, apresentando desafios significativos para as ferramentas de recuperação de arquivos.
  • Falha de hardware: um componente de hardware com defeito ou danificado, como um disco rígido com falha, pode levar à perda de arquivos e dificultar o processo de recuperação. Muitas vezes, é necessário reparar ou substituir o hardware defeituoso antes de tentar a recuperação de dados usando ferramentas ou serviços.

A recuperação eficaz de arquivos geralmente depende da escolha da abordagem certa para o desafio específico em questão:

  • Ferramentas de Recuperação de Dados: são soluções de software projetadas para recuperar arquivos perdidos ou excluídos, restaurar a formatação do sistema e lidar com uma variedade de cenários de recuperação de arquivos. Alguns exemplos de ferramentas populares de recuperação de dados incluem Recuva, PhotoRec e EaseUS Data Recovery Wizard. No entanto, sua eficácia pode ser limitada ao lidar com arquivos gravemente danificados ou corrompidos, exigindo serviços de recuperação de dados mais avançados.
  • Serviços de recuperação de dados: Os serviços especializados fornecem assistência especializada na recuperação de dados de hardware danificado ou com defeito, bem como no tratamento de casos complexos de recuperação de arquivos que as ferramentas de software podem não resolver. Empresas como Ontrack e DriveSavers são exemplos de provedores de serviços de recuperação de dados. Embora esses serviços geralmente tenham uma taxa de sucesso mais alta do que as ferramentas, eles também podem ser mais caros e demorados.

Concluindo, entender os desafios comuns de recuperação de arquivos é crucial ao tentar restaurar arquivos perdidos ou danificados. A escolha entre ferramentas e serviços de recuperação de dados depende da situação específica e da gravidade do problema.

Mais Leitura

A recuperação de arquivos é o processo de restauração de arquivos perdidos, danificados ou excluídos de um dispositivo de armazenamento, como disco rígido, unidade USB ou cartão de memória. Isso pode ser feito usando um software especializado ou por meio de recursos integrados em um sistema operacional como o Windows. O objetivo da recuperação de arquivos é recuperar dados que foram acidentalmente ou intencionalmente excluídos, corrompidos ou perdidos devido a uma falha do sistema ou outro problema. (fonte: PCMag)

Termos de gerenciamento de arquivos relacionados

Home page » cloud Storage » Glossário » O que é Recuperação de Arquivos?

Mantenha-se informado! Junte-se à nossa newsletter
Assine agora e obtenha acesso gratuito a guias, ferramentas e recursos exclusivos para assinantes.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento. Seus dados estão seguros.
Mantenha-se informado! Junte-se à nossa newsletter
Assine agora e obtenha acesso gratuito a guias, ferramentas e recursos exclusivos para assinantes.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento. Seus dados estão seguros.
Compartilhar com...